Pirataria digital: Só as TVs por assinatura perdem mais de R$ 15 bilhões por ano

tv

Enquanto os DVDs, que já estiveram entre os produtos mais falsificados no Brasil, viraram raridade, a pirataria digital cresce a passos largos e afeta, de forma grave, o mercado audiovisual no país. Só as TVs por assinatura representam um prejuízo de R$ 15,5 bilhões por ano.

Em campanha, crianças alertam os pais que pirataria de TV é crime

campanha-da-ABTAjpg

Uma nova campanha contra a pirataria foi lançada pela Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA). O objetivo é a conscientização contra a pirataria de TV paga. Oito filmes, de 30 segundos cada, serão exibidos nos próximos meses em intervalos da programação de canais abertos e fechados. A temática da campanha é a incoerência das pessoas que ensinam atitudes corretas aos seus filhos, mas dão um mau exemplo ao acessar conteúdos pagos de forma ilegal.

TV Box: Receita Federal destrói quase 100 mil aparelhos piratas nesta quarta

dugczgvxod5lxxhxwqegvbptb

A Receita Federal vai destruir mais de 97 mil aparelhos de TV Box piratas hoje (5), no Rio. Avaliada em mais de R$ 13 milhões , a carga foi importada da China e é resultado de operações realizadas nos portos do Rio e de Itaguaí, em 2019 e 2020. Segundo as investigações, os produtos tinham como destino as milícias da Zona Oeste e da Baixada Fluminense.

PSG x City garante à TNT o 2º maior Ibope do ano na TV por assinatura

Captura de Tela 2021-05-05 às 14.25.52 TNT e SPACE_OUNIVERSODATV

A transmissão exclusiva da vitória do Manchester City por 2 a 1 sobre Paris Saint-Germain na última quarta-feira (28) pelas semifinais da Liga dos Campeões da UEFA assegurou um ótimo índice de audiência para a TNT Sports. A partida marcou a segunda maior audiência do ano da TV por assinatura e a expectativa é que o jogo de volta, marcado para esta terça-feira (4) consiga o primeiro lugar.

Após um ano de pandemia, canais pagos perdem um terço da audiência

assistindo-tv

Em grave crise e registrando perda de assinantes desde 2015, a TV paga teve um momento de respiro em abril do ano passado, quando a pandemia freou a fuga de clientes. Mas o alívio durou pouco: um ano depois, a queda se acentuou não só no número de contratos ativos, como também na audiência. Os canais por assinatura perderam quase um terço de seu público nos últimos 12 meses.