Notícias

Canais da Globo podem deixar serviço de TV por assinatura da Claro

Com as mudanças que estão ocorrendo no mercado audiovisual, operadoras de TV por assinatura, como a Claro, estão revendo acordos e contratos, para estancar a queda de assinantes, além de reduzir custos e aumentar a margem de lucro. Nesse cenário, os canais de TV paga do Grupo Globo são um dos negócios que a empresa pretende alterar.

De acordo com NaTelinha, a Claro não quer mais pagar para ter os canais Globo em sua programação. No modelo tradicional, a operadora pagava um valor x por assinante, mas agora diz que esse cenário mudou. No novo modelo, TV por assinatura distribui o sinal e joga para os produtores a responsabilidade de vender os espaços publicitários. Ou seja, uma parceria, pois para a operadora, o canal já possui a vitrine necessária ao ser carregado no line-up da Claro.

O assunto foi discutido no Pay-TV Fórum que foi realizado nos dias 22 e 23 de agosto pelos sites Tela Viva e Teletime. O presidente da Claro, José Felix, declarou que “Vai começar a doer um pouco mais para alguns fornecedores de conteúdo. Temos que renovar alguns contratos e aquele modelo antigo de venda e aquisição de conteúdo não existe mais. Estamos indo para uma proposta mais de parceria com os provedores. Com aqueles com quem conseguirmos montar um modelo, vamos continuar; com os que não conseguirmos montar um modelo, sei lá o que vai acontecer”.

Fonte: www.minhaoperadora.com.br